Categorias
Répteis

Terrário para as tartarugas…Como fazer??

Eu queria que meu pai fizesse um terrário para minhas quatro tartaruguinhas tigres…que são pequenininhas ainda (6 cm mede o casco delas)…mais o meu pai quer fazer um terrário fácil e rápido…que dê para fazer em um dia ou no máximo dois dias…mais que seja bonito…daí ele faria no fundo de casa onde tem um jardim…

Bjusss…Obrigada…

4 respostas em “Terrário para as tartarugas…Como fazer??”

Você não pode esquecer que as tartarugas desta espécie crescem mais ou menos do tamanho de um prato. Portanto se vc já quizer fazer um terrário definitivo deve pensar nisso. Eu tenho 7 já crescidas e fiz num canto do quintal um lago com um anel de poço. O tamanho é ótimo, as minhas nadam nele. Coloquei pedras para que elas possam sair para tomar sol, que é importante. Em volta tem um gramadinho onde elas passeiam, E tudo isso cercado para que não fujam. Parece complicado, mas não é. É muito simples barato e bonito.

As tartarugas são animais muito sensíveis e, ao contrario do que muitas pessoas afirmam, se estressam com muita facilidade. Assim, é muito importante que a tartaruga tenha uma casa própria para ela, que tenha o seu território formado e que se sinta confortável no mesmo.

Onde Colocar o Aquaterrário

A primeira coisa com a qual se preocupar é onde ficará o aquário de sua tartaruga. Ele deve ficar num local iluminado, mas não necessariamente em frente a janela, pois neste caso receberia incidência direta da luz do sol, filtrada pela janela e pelo vidro do aquário e faria com que o aquário esquentasse em demasia, proporcionando também o surgimento de algas que podem ser tóxicas para algumas tartarugas aquáticas. As Tartarugas apesar de não possuírem ouvido externo formado, possuem um ouvido interno, tal ouvido faz com que sejam muito sensíveis ao som, portanto evite colocá-las junto a equipamentos como televisores e aparelhos de som.

Área Mínima

O espaço mínimo para uma tartaruga deve conter cinco vezes a dimensão de sua carapaça e uma vez e meia a altura de seu casco em água, isto permite que elas vivam confortavelmente, caso você possua mais de um animal estas medidas devem ser aumentadas de acordo com o número de animais que você possui. Seu aquaterrário deve ser montado tendo em vista o tamanho do animal adulto, mudanças de ambiente constantes pode estressar seu animal além de encarecerem a manutenção.

Área Seca

O aquário deve possuir uma área seca, preferencialmente de areia ou cascalho fino, alguns criadores discordam deste fato visto que as tartarugas são animais muito curiosos e podem vir a comer o cascalho ou a areia podendo vir a contrair problemas intestinais, entretanto, algumas espécies de tartarugas colocam ovos mesmo sem haver cruzado, e caso não haja um lugar correto para que ela possa depositar seus ovos ela pode vir a ficar doente. A área seca deve ficar completamente fora da água, permitindo se possível que o animal se esquente através de lâmpadas especiais para répteis já disponíveis no Brasil.

Caso haja área disponível pode-se também colocar uma caverna para proporcionar um esconderijo para o seu animal.

A área seca não precisa ser muito grande, mas deve permitir que o animal fique completamente fora da água e em segurança, lembre que tartarugas são animais muito fortes e curiosos e podem deslocar pedras grandes com certa facilidade depois de uma certa idade.
Iluminação

As tartarugas precisam principalmente de calor e luz do sol para se desenvolverem corretamente, isso faz com que estes animais sejam encontrados especialmente em regiões tropicais e subtropicais. Por isso, iluminação passa a ser um aspecto muito importante na montagem do aquaterrário.

O ideal no que se diz respeito a tartarugas aquáticas é que a fonte de iluminação e aquecimento seja o sol, entretanto, nem sempre isto é possível. Hoje em dia já podem ser encontradas no Brasil lâmpadas de aquecimento especiais para répteis e lâmpadas de raios UV, a espécie de sua tartaruga deve ser observada para constatar a necessidade ou não de lâmpadas especiais. Caso seja necessária a colocação de uma lâmpada de aquecimento ou de raios UV, você sempre deve ter em mente que tais lâmpadas devem ficar a cerca de 30 cm de distância e iluminar diretamente o animal não podendo ser filtradas por qualquer tipo de material, mesmo vidro.

Um temporizador pode ser utilizado para assegurar a correta quantidade de iluminação diária pertinente a cada tipo de animal (na maioria dos casos cerca de 20 minutos diários). Mesmo com toda a iluminação, alguns criadores ainda sugerem que você leve seu animal para tomar sol uma ou duas vezes por semana, conforme seja possível.

Plantas

Um aquário para tartarugas dificilmente possuirá plantas por muito tempo, isso ocorre porque as tartarugas tendem a “fuçar” muito o fundo do aquário tornando quase impossível a tarefa de manter plantas num aqua terrário. Entretanto, se você pretende montar um pequeno lago para sua tartaruga, a escolha das plantas pode ser uma tarefa divertida, as únicas plantas que devem ser evitadas a todo custo são as plantas tóxicas, e fora estas, o alface também não é recomendado por soltar o intestino dos animais.

Plantas aquáticas como a Vallisneria sp. são as preferidas pelas tartarugas, elas tendem a devorá-las antes de todas as outras Na ordem decrescente de plantas aquáticas preferidas estão a Vallisneria sp., Naja guadalupensis, Hydrilla sp., Potamogeton nodosus e Myriophyllum spicatum. No caso de você desejar manter plantas terrestres na parte seca do aquaterrário ou lago existem varias opções saudáveis e bonitas ao olhar, uma destas é o broto de batata (inglesa ou doce), que é facilmente plantado, outra opção igualmente boa é o hibisco ou papoula, você também pode plantar diversas verduras, inclusive a couve que é muito apreciada.

Lembre que as plantas são importantes na dieta de tartarugas de qualquer tipo, elas possuem vitamina A nece

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *