Categorias
Cavalos

Tenho uma égua que teve uma luxação na pata, queria saber se tem cura?

Tenho uma égua mestiça de Mangalarga Paulista que quando tinha 1 mês e meio, foi atacada por algum animal e acabou luxando a pata direita da frente, chamei o veterinário e ele colocou uma tala na pata dela. Agora ela tem cinco anos, mas sua pata cresceu torta virada levemente para fora, e sua coluna cresceu com um defeito entre a garupa e o lombo exatamente entre as vértebras sacrais e as vértebras lombares, lugar no qual o osso está mais alto do que o normal. As vezes enquanto galopa ela manca da pata que foi machucada, como se estivesse pisando em falso. Queria saber se existe algum tipo de procedimento ou cirurgia que possa corrigir esses defeitos? Ela também não cresceu muito, isso aconteceu por causa da luxação que ela sofreu? Existe alguma coisa que eu possa fazer pra ela crescer mais?

3 respostas em “Tenho uma égua que teve uma luxação na pata, queria saber se tem cura?”

Aline, lembrei do seu caso, já havia resposndido algo sobre isso pra vc, agora vc colocou amis informações que ajudam, não sei se vc se lembra da minha resposda, então vou cita-la:

“Eu não vi o animal, por isso tudo que colocarei aqui É SUPOSIÇÃO!

Pela sua descrição da situação, não tem na prática!

Teoricamente é possível operar essas partes ósseas que foram deformadas pelo acidente, mas a cirurgia é extremamente complicada, o pós operatório é muito dolorido, e ela teria que ficar suspensa enquanto os ossos calcificam após a cirurgia reconstrutiva.

A suspensão trás alguns problemas, pois apenas o peso do abdome do equino no aparelho suspensório, por mais que fosse bem acolchoado, faria surgir escaras de decubito. Também poderia atrapalhar o trato gastrointestinal do animal e ele poderia desenvolver cólica. Além disso, o longo período que seria necessário para a recuperação completa de ossos, incisões de musculatura e pele causariam atrofia muscular por desuso da musculatura. A recuperação da musculatura seria demorada e dolorosa para o animal.

É muito comum equinos terem problema de cicatrização de pele. A medicação para dor, inflamação e infeções ainda poderia causar outros problemas como úlceras gástricas, perda de motilidade intestinal/gástrica, problemas nos rins, no fígado ou em outros órgãos. Esses problemas seriam provenientes do uso prolongado da medicação.

O custo de todo esse procedimento seria extremamente alto, além de eu não conhecer aqui no Brasil alguém que se habilite ao serviço!

Eu sei que vc quer dar uma vida boa ao seu animal, e que vc está pensando em todas as possibilidades para que ele tenha uma vida normal, mas os animais não ligam para aparência! A única coisa que incomoda a sua égua é a dor ao fazer alguns exercícios. Com a recuperação dolorasa de uma cirurgia traumática, eu acho que o melhor pra ela nas condições atuais da medicina equina, seria ficar do jeito que está, cuide dela, solte no pasto, ande um pouco, mas sem exercícios que a “machuque”.

Espero ter trazido informações relevantes à sua necessidade.”

Pelo que vc falou agora, eu posso dizer que deveria se ter tomado mais cuidado na hora de fazer a tala, mas eu não vi como ficou a “pata” dela depois da luxação, então não posso dizer que se fosse feito isso ou aquilo na época ela não estaria como é atualmente.

Em relação aos tratamentos, pouca coisa mudou da época da sua primeira pergunta para hoje! Lembro que na época sugeriram um Quiroplata, mas infelizmente não conheço algum que trabalhe com equinos, eu conheci um fisioterapeuta/osteopata que tinha a mente muito aberta, acho que ele toparia pensar em algo pra ajudar num caso desses, mas suponho que ele more muito longe de vc.

Um bom ferreiro pode ajudar nessa situação, a outra pessoa que respondeu sua pergunta colocou essa possibilidade, e ela realmente é efetiva. Mas o ferreiro tem que conhecer muito bem sua porfissão, ele precisa de muita experiência profissional pra ajudar em um caso desses, que é relativamente complicado!

Se ela está com cinco anos, pode ser que ela ainda cresça um pouco, até os seis anos, mas não será muito. Pode ser que a luxação tenha afetado a qualidade de vida dela, por isso não tenha se alimentado direito e isso tenha influenciado no crescimento dela, mas isso não passa de uma hipotese! Qual eram os tamanhos dos pais dela? Isso te ajudaria a confirmar a suspeita ou rejeita-la! Se os pais forem mais altos, a hipótese de a luxação ter afetado a vida dela teria mais peso, se forem do mesmo tamanho ou menor (pode ser apenas um deles) essa hipótese poderia ter uma credibilidade diminuída ou ser descartada.

Lógico que EU NÃO EXAMINEI a égua, mas eu não acho que possa ser feita muita coisa em relação ao crescimento além de uma boa ração e feno, se vc tiver muita vontade de ela crescer mais, então marque uma hora com um méd.vet que cuide só de equinos e converse com ele, ele te explicará sobre todos os problemas que alguns suplementos poderiam causar e suas vantagens quando usados de modo correto e nas situações que são necessários.

Os cavalos páram de crescer nessa idade pois ocorre o fechamento da linha epifisária (olhe esta imagem para ajudar: http://www.reinaldoribela.pro.br/imgs/biologia_vol_II/reino_animalia_II/osso%20longo.gif ), é por causa dessa placa estar ativa que são depositadas novas células ósseas, fazendo com que o osso aumente de volume, em certa idade paramos (qualquer mamífero) de aumentar o número de células no nosso corpo, então paramos de crescer. Por isso que eu acho que não adianta dar suplementos, ela não crescerá se o fechamento da linha de crescimento tiver ocorrido.

Desculpe, mas eu preciso falar, algumas vezes como médica veterinária eu sinto vontade de esganar proprietários, outras vezes me sinto impotente por querer ajudar e não poder, hoje passei pelas duas situações durante o dia. No teu caso me sinto triste, pois vejo que você se preocupa com a égua e quer que ela melhore, mas existem tantos obstáculos para isso….

Espero que você consiga uma solução para o caso! Te desejo toda boa sorte que possa imaginar!

olha isso è meio dificil mas pode ter soluçao uma cirurgia pode ajudar ve com o seu veterinario se num tem como faser ma cirurgia para tirar esse defeitos dela,desculpa eu nao poder te dar muita informaçao é que nao sou veterinario mas sei algumas coisas espero ter ajudado e boa sorte vo ta torcendo por voce

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *