Categorias
Cães

Se um cachorro com leishmaniose tiver, filhotes, eles estarão contaminados com a doença?

Por exemplo: O cachorro macho –>> A, tem leismaniose, aí ele conhece a cachorra–>> B, se eles tiverem relaçoes, e depois, filhotes, esses filhotes e/ou a femea poderão se contaminar????
A melhor resposta com certeza ganha 10 pontos.

2 respostas em “Se um cachorro com leishmaniose tiver, filhotes, eles estarão contaminados com a doença?”

Não. Os filhotes e a femea permanecem sadios pois a unica forma de contágio é atraves da picada do mosquito, inclusive em humanos.
A leishmaniose é transmitida por insetos hematófagos (que se alimentam de sangue) conhecidos como flebótomos ou flebotomíneos. Seus nomes variam de acordo com a localidade; os mais comuns são: mosquito-palha, tatuquira, birigui, cangalinha, asa branca, asa dura e palhinha. O mosquito-palha ou asa branca é mais encontrado em lugares úmidos, escuros, onde existem muitas plantas.

É o inseto que transmite a doença de um animal para outro. É uma doença que afeta principalmente cães, mas também animais silvestres, gambá ou saruê, e urbanos como ratos, gatos e humanos (principalmente crianças com desnutrição, idosos imunossuprimidos e, atualmente, pessoas com AIDS).

Não se pega leishmaniose de cães e outros animais, apenas pela picada do inseto que estiver infectado.

O cão é apenas mais um hospedeiro da leishmaniose visceral. É também o mais estudado e injustiçado, já que mesmo que todos os cães do mundo deixassem de existir, a leishmaniose visceral continuaria a crescer, como inclusive ocorre nas cidades onde há matança indiscriminada de cães como “forma de combate à doença”.

Leia mais sobre o assunto:
http://www.anda.jor.br/2010/11/21/verdades-e-mentiras-sobre-a-leishmaniose-canina/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *