Categorias
Répteis

Por favor eu preciso das seguintes respostas sobre a Jararaca . . .?

Por favor coloque a fonte e o número de cada questão !

1. Qual é o nome popular e o nome científico ?
2. Quais são as principais características anatômicas desse ser vivo ?
3. Que tipo de ambiente ele habita ? Qual é a área geográfica onde ele ocorre ?
4. Como ele se alimenta ?
5. Existem machos e fêmeas ? Se sim , há diferenças entre os sexos ? Quais ?
6. Existe algum ritual de acasalamento ( corte ) nessa espécie de ser vivo ?
7. Em caso de reprodução sexuada , como e onde ocorre a fertilização ( encontro do óvulo com o espermetozoide ) ?
8. Em caso de reprodução assexuada , como ocorre a formação de um indivíduo ?
9. Como o embrião se desenvolve ? Quanto tempo dura o desenvolvimento do embrião ?
10. Os pais cuidam dos ovos ou dos filhotes? Se sim , como é esse cuidado ?
11. Qual é o tamanho da prole ( número de indivíduos gerados ) ?
12. Cite e explique alguma curiosidade sobre o ser vivo .

40 respostas em “Por favor eu preciso das seguintes respostas sobre a Jararaca . . .?”

A jararaca é encontrada com mais freqüência em terrenos agrícolas.Tem como abitate natural a América do Sul, sendo encontrada principalmente no Brasil, na Venezuela e ao norte da Argentina.

O nome popular dessa cobra é jararaca mesmo e o científico é Bothrops Jararaca ela se alimenta de roedores sapos e aves e etc . Ela ocorre desde o rio grande do sul até o sul da Bahia e leste do mato grosso, vive em bosques e campos e sobretudo campos cultivados onde existe o grande numero de roedores .

é isso que sei espero ter ajudado . Sei disso porque estou fazendo um trabalho igual agora eu não sei as outras coisas estou pesquisando para achar . ass : Carlos Júnior São paulo .

1-Jararaca, nome científico: bothrops jararaca
2- A jararaca pode alcançar mais de 1m de comprimento, ela é uma cobra peçonhenta, e é fácil identificar por causa da fosseta loreal. Essa fosseta consiste em dois orifícios situados entre a narina e o olho, um em cada lado da cabeça
.
3- Vive em bosques, campos e sobretudo campos cultivados. Ocorre desde Rio Grande do Sul até o sul da Bahia e leste de Mato Grosso.
4- As jararacas se alimentam de pequenos roedores, principalmente de ratos, batráquios(rãs e sapos) ou mesmo outros répteis(lagartos de pequeno porte). As jararacas tem hábitos noturnos.
5- Na sua reprodução existem machos e fêmeas, a sua diferença é que os machos apresentam mais escamas subcaudais que as fêmeas, e estas apresentam mais escamas dorsais e ventrais que os machos.
6- No período da primavera, ou seja, após o período mais frio do ano, a jararaca entra em época reprodutiva. Através da eliminação de odores pelas as fêmeas, os machos são atraídos e os mesmos começam à efetuar um tipo de disputa para determinar a melhor posição sobre a fêmea,esse fato é conhecido como dança combate, sendo que o mais forte é que leva vantagem. Isso pode durar até muitos dias quando envolve vários machos e para realização da cópula, o macho sobe no dorso das fêmeas através de movimentos ondulatórios, enquanto estimula o corpo da fêmea com toques de língua. Assim que ambas as caudas se encostam, o macho introduz o seu hemipênis eriçados e com base espinhosa na cloaca da fêmea. Os tais espinhos fazem com que o hemipênis fique agarrado por dentro da fêmea, de tal forma que a fecundação se realize ao mesmo tempo que a fêmea sai por aí se arrastando.
7- A reprodução da jararaca é sexuada, sua fertilização é interna, o macho põe o seu hemipênis na fêmea, aí acontece a fertilização.
8-Não há reprodução assexuada da espécie da jararaca.
9- O desenvolvimento acontece por dentro do corpo da mãe, onde cada um é coberto por uma membrana. Quando eles estão prontos para eclodir, a fêmea expele a cria totalmente desenvolvida.
10- Os pais não cuidam dos ovos
11- Varia de 14 a 18 filhotes.
12-Da peçonhenta dessa cobra, o professor brasileiro Sérgio Henrique Ferreira da faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (SP), descobriu uma substância útil para remediar a hipertensão.

faltou a fonte que eu esqueci.

1-Jararaca, nome científico: bothrops jararaca
2- A jararaca pode alcançar mais de 1m de comprimento, ela é uma cobra peçonhenta, e é fácil identificar por causa da fosseta loreal. Essa fosseta consiste em dois orifícios situados entre a narina e o olho, um em cada lado da cabeça
.
3- Vive em bosques, campos e sobretudo campos cultivados. Ocorre desde Rio Grande do Sul até o sul da Bahia e leste de Mato Grosso.
4- As jararacas se alimentam de pequenos roedores, principalmente de ratos, batráquios(rãs e sapos) ou mesmo outros répteis(lagartos de pequeno porte). As jararacas tem hábitos noturnos.
5- Na sua reprodução existem machos e fêmeas, a sua diferença é que os machos apresentam mais escamas subcaudais que as fêmeas, e estas apresentam mais escamas dorsais e ventrais que os machos.
6- No período da primavera, ou seja, após o período mais frio do ano, a jararaca entra em época reprodutiva. Através da eliminação de odores pelas as fêmeas, os machos são atraídos e os mesmos começam à efetuar um tipo de disputa para determinar a melhor posição sobre a fêmea,esse fato é conhecido como dança combate, sendo que o mais forte é que leva vantagem. Isso pode durar até muitos dias quando envolve vários machos e para realização da cópula, o macho sobe no dorso das fêmeas através de movimentos ondulatórios, enquanto estimula o corpo da fêmea com toques de língua. Assim que ambas as caudas se encostam, o macho introduz o seu hemipênis eriçados e com base espinhosa na cloaca da fêmea. Os tais espinhos fazem com que o hemipênis fique agarrado por dentro da fêmea, de tal forma que a fecundação se realize ao mesmo tempo que a fêmea sai por aí se arrastando.
7- A reprodução da jararaca é sexuada, sua fertilização é interna, o macho põe o seu hemipênis na fêmea, aí acontece a fertilização.
8-Não há reprodução assexuada da espécie da jararaca.
9- O desenvolvimento acontece por dentro do corpo da mãe, onde cada um é coberto por uma membrana. Quando eles estão prontos para eclodir, a fêmea expele a cria totalmente desenvolvida.
10- Os pais não cuidam dos ovos
11- Varia de 14 a 18 filhotes.
12-Da peçonhenta dessa cobra, o professor brasileiro Sérgio Henrique Ferreira da faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (SP), descobriu uma substância útil para remediar a hipertensão.

1-Jararaca, nome científico: bothrops jararaca
2- A jararaca pode alcançar mais de 1m de comprimento, ela é uma cobra peçonhenta, e é fácil identificar por causa da fosseta loreal. Essa fosseta consiste em dois orifícios situados entre a narina e o olho, um em cada lado da cabeça
.
3- Vive em bosques, campos e sobretudo campos cultivados. Ocorre desde Rio Grande do Sul até o sul da Bahia e leste de Mato Grosso.
4- As jararacas se alimentam de pequenos roedores, principalmente de ratos, batráquios(rãs e sapos) ou mesmo outros répteis(lagartos de pequeno porte). As jararacas tem hábitos noturnos.
5- Na sua reprodução existem machos e fêmeas, a sua diferença é que os machos apresentam mais escamas subcaudais que as fêmeas, e estas apresentam mais escamas dorsais e ventrais que os machos.
6- No período da primavera, ou seja, após o período mais frio do ano, a jararaca entra em época reprodutiva. Através da eliminação de odores pelas as fêmeas, os machos são atraídos e os mesmos começam à efetuar um tipo de disputa para determinar a melhor posição sobre a fêmea,esse fato é conhecido como dança combate, sendo que o mais forte é que leva vantagem. Isso pode durar até muitos dias quando envolve vários machos e para realização da cópula, o macho sobe no dorso das fêmeas através de movimentos ondulatórios, enquanto estimula o corpo da fêmea com toques de língua. Assim que ambas as caudas se encostam, o macho introduz o seu hemipênis eriçados e com base espinhosa na cloaca da fêmea. Os tais espinhos fazem com que o hemipênis fique agarrado por dentro da fêmea, de tal forma que a fecundação se realize ao mesmo tempo que a fêmea sai por aí se arrastando.
7- A reprodução da jararaca é sexuada, sua fertilização é interna, o macho põe o seu hemipênis na fêmea, aí acontece a fertilização.
8-Não há reprodução assexuada da espécie da jararaca.
9- O desenvolvimento acontece por dentro do corpo da mãe, onde cada um é coberto por uma membrana. Quando eles estão prontos para eclodir, a fêmea expele a cria totalmente desenvolvida.
10- Os pais não cuidam dos ovos
11- Varia de 14 a 18 filhotes.
12-Da peçonhenta dessa cobra, o professor brasileiro Sérgio Henrique Ferreira da faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (SP), descobriu uma substância útil para remediar a hipertensão.

1-Jararaca, nome científico: bothrops jararaca
2- A jararaca pode alcançar mais de 1m de comprimento, ela é uma cobra peçonhenta, e é fácil identificar por causa da fosseta loreal. Essa fosseta consiste em dois orifícios situados entre a narina e o olho, um em cada lado da cabeça
.
3- Vive em bosques, campos e sobretudo campos cultivados. Ocorre desde Rio Grande do Sul até o sul da Bahia e leste de Mato Grosso.
4- As jararacas se alimentam de pequenos roedores, principalmente de ratos, batráquios(rãs e sapos) ou mesmo outros répteis(lagartos de pequeno porte). As jararacas tem hábitos noturnos.
5- Na sua reprodução existem machos e fêmeas, a sua diferença é que os machos apresentam mais escamas subcaudais que as fêmeas, e estas apresentam mais escamas dorsais e ventrais que os machos.
6- No período da primavera, ou seja, após o período mais frio do ano, a jararaca entra em época reprodutiva. Através da eliminação de odores pelas as fêmeas, os machos são atraídos e os mesmos começam à efetuar um tipo de disputa para determinar a melhor posição sobre a fêmea,esse fato é conhecido como dança combate, sendo que o mais forte é que leva vantagem. Isso pode durar até muitos dias quando envolve vários machos e para realização da cópula, o macho sobe no dorso das fêmeas através de movimentos ondulatórios, enquanto estimula o corpo da fêmea com toques de língua. Assim que ambas as caudas se encostam, o macho introduz o seu hemipênis eriçados e com base espinhosa na cloaca da fêmea. Os tais espinhos fazem com que o hemipênis fique agarrado por dentro da fêmea, de tal forma que a fecundação se realize ao mesmo tempo que a fêmea sai por aí se arrastando.
7- A reprodução da jararaca é sexuada, sua fertilização é interna, o macho põe o seu hemipênis na fêmea, aí acontece a fertilização.
8-Não há reprodução assexuada da espécie da jararaca.
9- O desenvolvimento acontece por dentro do corpo da mãe, onde cada um é coberto por uma membrana. Quando eles estão prontos para eclodir, a fêmea expele a cria totalmente desenvolvida.
10- Os pais não cuidam dos ovos
11- Varia de 14 a 18 filhotes.
12-Da peçonhenta dessa cobra, o professor brasileiro Sérgio Henrique Ferreira da faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (SP), descobriu uma substância útil para remediar a hipertensão.

1-Jararaca, nome científico: bothrops jararaca
2- A jararaca pode alcançar mais de 1m de comprimento, ela é uma cobra peçonhenta, e é fácil identificar por causa da fosseta loreal. Essa fosseta consiste em dois orifícios situados entre a narina e o olho, um em cada lado da cabeça
.
3- Vive em bosques, campos e sobretudo campos cultivados. Ocorre desde Rio Grande do Sul até o sul da Bahia e leste de Mato Grosso.
4- As jararacas se alimentam de pequenos roedores, principalmente de ratos, batráquios(rãs e sapos) ou mesmo outros répteis(lagartos de pequeno porte). As jararacas tem hábitos noturnos.
5- Na sua reprodução existem machos e fêmeas, a sua diferença é que os machos apresentam mais escamas subcaudais que as fêmeas, e estas apresentam mais escamas dorsais e ventrais que os machos.
6- No período da primavera, ou seja, após o período mais frio do ano, a jararaca entra em época reprodutiva. Através da eliminação de odores pelas as fêmeas, os machos são atraídos e os mesmos começam à efetuar um tipo de disputa para determinar a melhor posição sobre a fêmea,esse fato é conhecido como dança combate, sendo que o mais forte é que leva vantagem. Isso pode durar até muitos dias quando envolve vários machos e para realização da cópula, o macho sobe no dorso das fêmeas através de movimentos ondulatórios, enquanto estimula o corpo da fêmea com toques de língua. Assim que ambas as caudas se encostam, o macho introduz o seu hemipênis eriçados e com base espinhosa na cloaca da fêmea. Os tais espinhos fazem com que o hemipênis fique agarrado por dentro da fêmea, de tal forma que a fecundação se realize ao mesmo tempo que a fêmea sai por aí se arrastando.
7- A reprodução da jararaca é sexuada, sua fertilização é interna, o macho põe o seu hemipênis na fêmea, aí acontece a fertilização.
8-Não há reprodução assexuada da espécie da jararaca.
9- O desenvolvimento acontece por dentro do corpo da mãe, onde cada um é coberto por uma membrana. Quando eles estão prontos para eclodir, a fêmea expele a cria totalmente desenvolvida.
10- Os pais não cuidam dos ovos
11- Varia de 14 a 18 filhotes.
12-Da peçonhenta dessa cobra, o professor brasileiro Sérgio Henrique Ferreira da faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (SP), descobriu uma substância útil para remediar a hipertensão.

aaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaahhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhh

1-Jararaca, nome científico: bothrops jararaca
2- A jararaca pode alcançar mais de 1m de comprimento, ela é uma cobra peçonhenta, e é fácil identificar por causa da fosseta loreal. Essa fosseta consiste em dois orifícios situados entre a narina e o olho, um em cada lado da cabeça
.
3- Vive em bosques, campos e sobretudo campos cultivados. Ocorre desde Rio Grande do Sul até o sul da Bahia e leste de Mato Grosso.
4- As jararacas se alimentam de pequenos roedores, principalmente de ratos, batráquios(rãs e sapos) ou mesmo outros répteis(lagartos de pequeno porte). As jararacas tem hábitos noturnos.
5- Na sua reprodução existem machos e fêmeas, a sua diferença é que os machos apresentam mais escamas subcaudais que as fêmeas, e estas apresentam mais escamas dorsais e ventrais que os machos.
6- No período da primavera, ou seja, após o período mais frio do ano, a jararaca entra em época reprodutiva. Através da eliminação de odores pelas as fêmeas, os machos são atraídos e os mesmos começam à efetuar um tipo de disputa para determinar a melhor posição sobre a fêmea,esse fato é conhecido como dança combate, sendo que o mais forte é que leva vantagem. Isso pode durar até muitos dias quando envolve vários machos e para realização da cópula, o macho sobe no dorso das fêmeas através de movimentos ondulatórios, enquanto estimula o corpo da fêmea com toques de língua. Assim que ambas as caudas se encostam, o macho introduz o seu hemipênis eriçados e com base espinhosa na cloaca da fêmea. Os tais espinhos fazem com que o hemipênis fique agarrado por dentro da fêmea, de tal forma que a fecundação se realize ao mesmo tempo que a fêmea sai por aí se arrastando.
7- A reprodução da jararaca é sexuada, sua fertilização é interna, o macho põe o seu hemipênis na fêmea, aí acontece a fertilização.
8-Não há reprodução assexuada da espécie da jararaca.
9- O desenvolvimento acontece por dentro do corpo da mãe, onde cada um é coberto por uma membrana. Quando eles estão prontos para eclodir, a fêmea expele a cria totalmente desenvolvida.
10- Os pais não cuidam dos ovos
11- Varia de 14 a 18 filhotes.
12-Da peçonhenta dessa cobra, o professor brasileiro Sérgio Henrique Ferreira da faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (SP), descobriu uma substância útil para remediar a hipertensão.

1-Jararaca, nome científico: bothrops jararaca
2- A jararaca pode alcançar mais de 1m de comprimento, ela é uma cobra peçonhenta, e é fácil identificar por causa da fosseta loreal. Essa fosseta consiste em dois orifícios situados entre a narina e o olho, um em cada lado da cabeça.
3- Vive em bosques, campos e sobretudo campos cultivados. Ocorre desde Rio Grande do Sul até o sul da Bahia e leste de Mato Grosso.
4- As jararacas se alimentam de pequenos roedores, principalmente de ratos, batráquios(rãs e sapos) ou mesmo outros répteis(lagartos de pequeno porte). As jararacas tem hábitos noturnos.
5- Na sua reprodução existem machos e fêmeas, a sua diferença é que os machos apresentam mais escamas subcaudais que as fêmeas, e estas apresentam mais escamas dorsais e ventrais que os machos.
6- No período da primavera, ou seja, após o período mais frio do ano, a jararaca entra em época reprodutiva. Através da eliminação de odores pelas as fêmeas, os machos são atraídos e os mesmos começam à efetuar um tipo de disputa para determinar a melhor posição sobre a fêmea, esse fato é conhecido como dança combate, sendo que o mais forte é que leva vantagem. Isso pode durar até muitos dias quando envolve vários machos e para realização da cópula, o macho sobe no dorso das fêmeas através de movimentos ondulatórios, enquanto estimula o corpo da fêmea com toques de língua. Assim que ambas as caudas se encostam, o macho introduz o seu hemipênis eriçados e com base espinhosa na cloaca da fêmea. Os tais espinhos fazem com que o hemipênis fique agarrado por dentro da fêmea, de tal forma que a fecundação se realize ao mesmo tempo que a fêmea sai por aí se arrastando.
7- A reprodução da jararaca é sexuada, sua fertilização é interna, o macho põe o seu hemipênis na fêmea, aí acontece a fertilização.
8-Não há reprodução assexuada da espécie da jararaca.
9- O desenvolvimento acontece por dentro do corpo da mãe, onde cada um é coberto por uma membrana. Quando eles estão prontos para eclodir, a fêmea expele a cria totalmente desenvolvida.
10- Os pais não cuidam dos ovos
11- Varia de 14 a 18 filhotes.
12-Da peçonhenta dessa cobra, o professor brasileiro Sérgio Henrique Ferreira da faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (SP), descobriu uma substância útil para remediar a hipertensão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *