Categorias
Aviação

O aeroporto de aracati no ceará, nunca poderá receber aviões de grande porte?

eu estive em Aracati, mas nao no aeroporto, fiquei só na praia em canoa quebrada e lá, conversando com uns homens de fortaleza, que foram passar o reveillon na praia aonde eu fui, um deles dizia que mesmo que a pista fosse reformada para aumentar o comprimento, mesmo que tivesse uns 3.500 metros, só iria servir para avioes pequenos como os ATR da tripa, os LET da noar, por aí. isso por causa do solo do aeroporto, o terreno não é (como se diz?) duro, firme, resistente.
Mas por que está para reformar o aeroporto para receber avioes Boeing ou Airbus do nosso duopolio aéreo, rsss (TAM ou Gol), a Infraero nao faz avaliação antes dessas obras acontecerem?

7 respostas em “O aeroporto de aracati no ceará, nunca poderá receber aviões de grande porte?”

pois é eu estive la esse aeroporto é uma vergonha era para estar funcionando perfeitamente recebendo gal e tam+ nem a trip vai desde o dia que eu cheguei ate o dia que eu fui embora nao vi nehum aviao só untra leve

As reformas estão no fim, sem restrições pode receber no máximo aeroneves para até 250 passageiros mas nada que proiba mais, pois só para tomar como comparação a pista de lá vai ser maior que a daqui, grande porte são aeronaves com mais de 300 passageiros, o que não é tão necessário para aracati!

Porque provavelmente essas empresas aereas que usam aeronaves de pequeno porte devem forçar a Infraero a não fazer essas reformas. Justamente para elas dominarem aquele local.

Com certeza deve ter propina no meio.

Porque qual o problema de reformarem o aeroporto e tanto a empresa de pequeno e as outras de medio porte possam operar nesse aeroporto? Não há!. Há propina no meio para atrasar as obras…

Seria bom poder levar todo mundo em um mesmo voo mas o chao de aracati nao tem solidifação natural pra aguentar o peso e o impacto de pousos dos avioes grandes, canoa quebrada tem muita gente por que e ponto turistico, acho que o aeroporto de la merecia receber voos de avioes grandes como boeing e airbus a 330.

Bom, nesse caso com toda certeza a Infraero faz estudos no solo para apurar quais as necessidades do local para receber aeronaves de médio e/ou grande porte. Caso o solo não seja firme o suficiente, são feitas obras para a adequação, na maioria das vezes constroem-se colunas de sustentação no subsolo da pista; como é o caso do aeroporto da Madeira em Portugal; a pista é totalmente suspensa devido à grande depressão do terreno em que o aeroporto se encontra. Mas não precisa ficar preocupada, se a Infraero ou empresa que administra o aeroporto (as vezes os aeroportos são administrados pelo município ou empresa privada) for realizar obras tenho certeza de que farão todos os estudos necessários para que não ocorram acidentes no local.

Att.
Tiago

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *