Categorias
Cavalos

Não entendo nada de cavalos – Preciso de ajuda – Cuidados com animal que foi abandonado!?

Oi gente!
Um fdp sem coração abandonou uma égua aqui do lado da minha casa, e ela está super mal. Está hiper magra e aparentemente com vermes (tá com uma barriga enorme), além de feridas, principalmente uma bem grande na ponta da anca devido ao excesso de magreza. Acho que ela é velha.
No momento ela tá pastando num terreno baldio aqui perto, mas de uma semana para cá, visivelmente ela perdeu mais peso ainda e estou ficando desesperada.
O que posso dar à ela de comida? Qual é um bom vermífugo (e barato) que eu posso dar? Eu não faço ideia do peso dela, mas está só ossos.
Alguém tem alguma outra dica? Na verdade estou procurando alguém responsável que possa ficar com ela, então, por enquanto, queria ajudá-la a recuperar pelo menos um pouquinho da saúde…
Por favor, preciso de dicas BARATAS. Só estudante e não tenho muito $$$, nem mesmo para chamar um veterinário.
Muuuuuito obrigada a quem ajudar =)
Muito obrigada gente!

Mais umas coisinhas… O pasto estava bem seco naquela área, então movi ela pro outro lado da rua, onde está bem mais verde, mas ela está comendo igual. Já havia também ligado para a polícia e para o Centro de Controle de Zoonoses da minha cidade, mas eles disseram que nada poderiam fazer sem saber que era o ‘dono’ da animal. Perguntei então se ao menos poderia mandá-lo para um sítio de um amigo, e me disseram também que não… 🙁

11 respostas em “Não entendo nada de cavalos – Preciso de ajuda – Cuidados com animal que foi abandonado!?”

Muitas pessoas adoram criar e descobrir novas receitas de mash. Nos Estados Unidos já existem livros de receitas para cavalos, ensinando a preparar não apenas masches saborosos, como saladas exclusivas e biscoitos de aveia.

Sem exageros, você também pode preparar um “jantar especial” para seu cavalo. Além de se divertir e de lhe proporcionar um deleite gastronômico, você estará ajudando-o a conservar a boa saúde.

Ingredientes Básicos
* Farelo de trigo – aproximadamente 2 a 3 Kg por cavalo ( pode ser comprado em casas de ração ou moinhos, geralmente em sacos de 25 Kg);

* Água, morna ou quente – dependendo da época do ano, o bastante para dar consistência de pastosa e semilíquida.

Outros Ingredientes
Melado ou mel – para melhorar o sabor e também teor energético;
* Sal (comum ou mineral) – repor minerais perdidos e aumentar a retenção de água;
* Linhaça – aumenta o efeito laxante e melhora o pêlo;
* Óleo vegetal (de preferência de milho) – tem o mesmo efeito da linhaça, e também aumenta o teor energético;
* Cenoura, maça, beterraba etc. – raladas ou picadas, complementam o sabor e nutrientes da refeição;
* Suplementos vitamínico-mineirais – os suplementos comerciais podem ser misturados ao mash (Potenay Oral, Vitagold, Glicopan, Aminomix etc.).

Uma Receita Básica
Quantidade para um cavalo:
* 2 Kg de farelo de trigo
* 200 ml de óleo de milho
* 100 g de mel ou melado
* 500g de cenoura picadas em pedaços pequenos

Coloque todos os ingredientes num balde ou outro recipiente grande e vá acrescentando água quente e mexendo – com colher de pau ou pedaço de madeira – até obter um “sopão” bem homogêneo. Sirva ao cavalo antes que esfrie, substituindo uma das refeições habituais de ração.

Naturalmente, esta receita é apenas um exemplo. Vá experimentando com os ingredientes disponíveis em sua região e com os petiscos por seu cavalo.

Cuidados Especiais
A linhaça precisa ficar de molho em água entre quatro e doze horas, antes de ser utilizada (semente de linhaça comum, encontrado em casas naturalistas).
Não utilize linhaça e óleo num mesmo mash, para que o efeito laxante não seja excessivo.
Os ingleses consideram que um mash precisa ser “bebido e não comido” pelo animal; porém, muita água pode aumentar demasiado o volume da mistura, fazendo com que alguns cavalos “cansem de comer” ou estranhem muito, deixando de ingerir todo o mash. Vá testando o que funciona melhor em relação aos seus animais.
Naturalmente, a temperatura da água não pode ser tão quente a ponto de queimar a boca dos animais. No entanto, a mistura da água quente com os outros ingredientes a temperatura ambiente geralmente resulta num produto de temperatura agradável, especialmente se decorrerem alguns minutos entre a mistura e o fornecimento.
Se você acrescentar algum produto vitamínico , lembre-se que vitaminas degradam em temperaturas muito elevadas.
O mash pode ser útil para administrar medicação oral (fenibutazona em pó, biotina etc.) a animais que normalmente não ingerem bem.
Naturalmente evite o uso de mash em cavalos que tenham uma diarréia prévia, tanto aguda como crônica.
O farelo de trigo é pobre em cálcio causando descalcificação em animais que com ele são alimentados em excesso ( “cara inchada”, principalmente em cavalos jovens). O uso semanal do “mash” não causará problemas deste tipo, especialmente se o cavalo for alimentado com uma dieta corretamente balanceada e com suplementação mineral nos demais dias.
Normalmente não convém dar mash aos cavalos mais do que duas vezes por semana. Uma exceção seriam animais muito doentes ou enfraquecidos, de apetite pobre – que precisarão também de acompanhamento veterinário, soroterapia etc.
Se você estiver preparando o mash para mais de um cavalo, é melhor usar o recipiente comum apenas para o farelo e a água, acrescentando e misturando os demais apenas no cocho do animal, para garantir que todos recebam a mesma quantidade dos mesmos ( o óleo tende a descer, pedaços de cenoura ficam na superfície etc.).
Todas as vantagens do mash podem se transformar em perigo mortal se o mesmo não for preparado em rigorosas condições de higiene. Todo alimento úmido fermenta rapidamente, especialmente no tempo quente, podendo causar cólicas e intoxicações. Não deixe mash preparado guardado de um dia para o outro. Também limpe bem os cochos antes de dar a ração seguinte.
Se seus cochos de ração tiverem muitas frestas dificultando a limpeza ou não forem impermeáveis (ex. feitos de tábuas), impossibilitando o fornecimento de alimentos semilíquidos, coloque um balde dentro do próprio cocho, fixando-o à parede por meio de um gancho ou de corda. Cuidado para que seja um balde sem ganchos ou beiradas que possam ferir seu cavalo!
Lembre-se de que o mash substitui a refeição normal de concentrado: cuidado para não dar mash e ração ao mesmo tempo! Excesso de alimento dado numa única refeição ainda é a principal causa de cólica de nossos cavalos.

Muitas pessoas adoram criar e descobrir novas receitas de mash. Nos Estados Unidos já existem livros de receitas para cavalos, ensinando a preparar não apenas masches saborosos, como saladas exclusivas e biscoitos de aveia.

Sem exageros, você também pode preparar um “jantar especial” para seu cavalo. Além de se divertir e de lhe proporcionar um deleite gastronômico, você estará ajudando-o a conservar a boa saúde.

Ingredientes Básicos
* Farelo de trigo – aproximadamente 2 a 3 Kg por cavalo ( pode ser comprado em casas de ração ou moinhos, geralmente em sacos de 25 Kg);

* Água, morna ou quente – dependendo da época do ano, o bastante para dar consistência de pastosa e semilíquida.

Outros Ingredientes
Melado ou mel – para melhorar o sabor e também teor energético;
* Sal (comum ou mineral) – repor minerais perdidos e aumentar a retenção de água;
* Linhaça – aumenta o efeito laxante e melhora o pêlo;
* Óleo vegetal (de preferência de milho) – tem o mesmo efeito da linhaça, e também aumenta o teor energético;
* Cenoura, maça, beterraba etc. – raladas ou picadas, complementam o sabor e nutrientes da refeição;
* Suplementos vitamínico-mineirais – os suplementos comerciais podem ser misturados ao mash (Potenay Oral, Vitagold, Glicopan, Aminomix etc.).

Uma Receita Básica
Quantidade para um cavalo:
* 2 Kg de farelo de trigo
* 200 ml de óleo de milho
* 100 g de mel ou melado
* 500g de cenoura picadas em pedaços pequenos

Coloque todos os ingredientes num balde ou outro recipiente grande e vá acrescentando água quente e mexendo – com colher de pau ou pedaço de madeira – até obter um “sopão” bem homogêneo. Sirva ao cavalo antes que esfrie, substituindo uma das refeições habituais de ração.

Naturalmente, esta receita é apenas um exemplo. Vá experimentando com os ingredientes disponíveis em sua região e com os petiscos por seu cavalo.

Cuidados Especiais
A linhaça precisa ficar de molho em água entre quatro e doze horas, antes de ser utilizada (semente de linhaça comum, encontrado em casas naturalistas).
Não utilize linhaça e óleo num mesmo mash, para que o efeito laxante não seja excessivo.
Os ingleses consideram que um mash precisa ser “bebido e não comido” pelo animal; porém, muita água pode aumentar demasiado o volume da mistura, fazendo com que alguns cavalos “cansem de comer” ou estranhem muito, deixando de ingerir todo o mash. Vá testando o que funciona melhor em relação aos seus animais.
Naturalmente, a temperatura da água não pode ser tão quente a ponto de queimar a boca dos animais. No entanto, a mistura da água quente com os outros ingredientes a temperatura ambiente geralmente resulta num produto de temperatura agradável, especialmente se decorrerem alguns minutos entre a mistura e o fornecimento.
Se você acrescentar algum produto vitamínico , lembre-se que vitaminas degradam em temperaturas muito elevadas.
O mash pode ser útil para administrar medicação oral (fenibutazona em pó, biotina etc.) a animais que normalmente não ingerem bem.
Naturalmente evite o uso de mash em cavalos que tenham uma diarréia prévia, tanto aguda como crônica.
O farelo de trigo é pobre em cálcio causando descalcificação em animais que com ele são alimentados em excesso ( “cara inchada”, principalmente em cavalos jovens). O uso semanal do “mash” não causará problemas deste tipo, especialmente se o cavalo for alimentado com uma dieta corretamente balanceada e com suplementação mineral nos demais dias.
Normalmente não convém dar mash aos cavalos mais do que duas vezes por semana. Uma exceção seriam animais muito doentes ou enfraquecidos, de apetite pobre – que precisarão também de acompanhamento veterinário, soroterapia etc.
Se você estiver preparando o mash para mais de um cavalo, é melhor usar o recipiente comum apenas para o farelo e a água, acrescentando e misturando os demais apenas no cocho do animal, para garantir que todos recebam a mesma quantidade dos mesmos ( o óleo tende a descer, pedaços de cenoura ficam na superfície etc.).
Todas as vantagens do mash podem se transformar em perigo mortal se o mesmo não for preparado em rigorosas condições de higiene. Todo alimento úmido fermenta rapidamente, especialmente no tempo quente, podendo causar cólicas e intoxicações. Não deixe mash preparado guardado de um dia para o outro. Também limpe bem os cochos antes de dar a ração seguinte.
Se seus cochos de ração tiverem muitas frestas dificultando a limpeza ou não forem impermeáveis (ex. feitos de tábuas), impossibilitando o fornecimento de alimentos semilíquidos, coloque um balde dentro do próprio cocho, fixando-o à parede por meio de um gancho ou de corda. Cuidado para que seja um balde sem ganchos ou beiradas que possam ferir seu cavalo!
Lembre-se de que o mash substitui a refeição normal de concentrado: cuidado para não dar mash e ração ao mesmo tempo! Excesso de alimento dado numa única refeição ainda é a principal causa de cólica de nossos cavalos.

primeiro abandonado e com doenças visíveis ,julgo eu o dono quis livra de um problema,provavelmente a égua devera ter doenças e segundo o estado que se encontra além de ilegal e de considerar a tranmissibilidade de doenças a quem compartilhar,devera a municipe contatar os serviços competentes de prefeitura no sentido de dar um destino digno ai animal.

Vermifugo tem de varios preços, pode dar algum que tenha na composição praziquantel + ivermectina que são os mais completos. Ela deve ter emagrecido pq tem pouco pasto nesse terreno, não sera isso? O melhor é tu usar ração para equinos mesmo que tem varios preços, mas inicia com pouco quantidade para não dar colica! Sabe aqueles baldinhos de chimia? ale cheio de ração pesa em torno de 2-2,5kg de ração! No primeiro dia da 1/3(a metade da metade) de ração de manha e a tardinha.No segundo dia pode passar para 1/2 baldinho e da essa dose durante uns 3 dias no 4°ou 5º dia pode dar a dose cheia. E segue assim até pegar peso, mas não pode faltar verde, agua limpa a vontade e de preferencia sal mineral que vendem a granel nas agropecuarias! Se quiseres baratear na ração da para comprar 1 saco de farelo de trigo + 25kg de milho quebrado e 1 saco de aveia amassada. Nutricionalmente não é perfeito, mas para dar um estado nela funciona! Só que tem que dar umida e depois se sobrar poe fora para não azedar!Sustentar cavalo não é barato! Fala com a vizinhança e faz um rateio na compra da ração, não sai caro para ninguem e ajuda o animal!Parabens pela atitude!

Mia, é muito complicado sair receitando coisas aqui sem nem ver o animal, pode ser que esteja com vermes e desnutrida? PODE, mas pode ser uma série d outras doenças, eu tentei entrar em contato com vc via e-mail, mas vc não permite isso, eu queria perguntar uma série de coisas, incluindo sua cidade!

Sei que vc quer ajudar o cavalo, isso é bom pra ele, mas toma cuidado pra não acabar piorando a situação dele, as vezes nas melhores das intenções fazemos coisas que não terminam bem, e não é por maldade!

Nem sempre eu volto pra verificar as perguntas, mas se vc quiser, me mande um e-mail.

Que bom que você tomou essa decisão. =)

É o seguinte, como ela está muito magra, você pode pegar um pouco de ração, de cão ou gato mesmo, faça um ovo mexido (sem fritura pelo amor de deus), e mistura tudo com um pinguinho de ólho de cozinha, e dê há ela. Se ela não comer, tente dar um pouco de ração pura com um pouco de ólho.

Mas não dê tudo de vez para ela se não ela pode passar mal e vomitar tudo. Dê há cada 30 hora ou uma hora até você ver que já é pra ela estar satisfeita. Dê BASTANTE água, ou leite misturado com água pra ela se manter hidratada, pois a ração suga a água do corpo do animal.

Quanto as feridas, se possível passa hipoglós, aquela pomada de bebê, porque essa pomada regenera o tecido desgastado. Limpe bem em volta do machucado, de preferência com alcool.

Quanto a barriga grande, não se pode ter certeza se é verme ou se ela está prenhe, então, se puder, ligue para um veterinário, fale que você NÃO tem dinheiro, mas precisa de mais da ajuda de um veterinário para um égua da rua que está doente. Se o veterinário gostar mesmo de animais lhe ajudará. Se você não puder fazer isso, espere algum tempo, para ver se um bebê não vai nascer dela. Passe a mão na barriga dela um pouco forte para ver se não há batidas de filhote, e se possível até pegue aquele equipamente para medir os batimentos do coração, ponha na barriga dela, e veja se há mais de um batimento.

Se você ter certeza de que não há um filhote nela, pode dar um vermífugo para ela, mas atenção, se ouver um filhote nela e você dar um vermífugo ele VAI morrer.

Parabéns por estar se oferecendo para cuidar dessa égua, precisamos de gente assim em novo planeta. =)

Se você quiser que ela tenha confiança em você, vai no youtube e veja o vídeo de monty roberts, veja como ele faz para ter confiança com cavalos. Você pode fazer os métodos dele mesmo a égua estando machucada e ruim.

Bjks. =)

Vermifugo tem de varios preços, pode dar algum que tenha na composição praziquantel + ivermectina que são os mais completos. Ela deve ter emagrecido pq tem pouco pasto nesse terreno, não sera isso? O melhor é tu usar ração para equinos mesmo que tem varios preços, mas inicia com pouco quantidade para não dar colica! Sabe aqueles baldinhos de chimia? ale cheio de ração pesa em torno de 2-2,5kg de ração! No primeiro dia da 1/3(a metade da metade) de ração de manha e a tardinha.No segundo dia pode passar para 1/2 baldinho e da essa dose durante uns 3 dias no 4°ou 5º dia pode dar a dose cheia. E segue assim até pegar peso, mas não pode faltar verde, agua limpa a vontade e de preferencia sal mineral que vendem a granel nas agropecuarias! Se quiseres baratear na ração da para comprar 1 saco de farelo de trigo + 25kg de milho quebrado e 1 saco de aveia amassada. Nutricionalmente não é perfeito, mas para dar um estado nela funciona! Só que tem que dar umida e depois se sobrar poe fora para não azedar!Sustentar cavalo não é barato! Fala com a vizinhança e faz um rateio na compra da ração, não sai caro para ninguem e ajuda o animal!Parabens pela atitude!

Vermífugos para cavalos são em pasta. Não use vermífugo injetável em cavalos, ainda mais se tratando de um animal muito fraco. Há várias marcas no mercado e custam entre R$ 12,00 e 20,00 reais.

O correto seria aplicar algum remédio para fortalece-la, como ADE, Catosal B12 ou Monovin ou um soro, mas aí já é mais caro e você vai precisar da ajuda de alguém para aplicar.
Você está deixando água a vontade para ela?

Nas feridas você pode aplicar um unguento, que também não é muito caro.
O correto é dar ração, mas a ração vai custar cerca de R$ 1,00/Kg. Precisaria dar pelo menos 2,0 kg/dia (pelo menos em 2 tratos, já que ela está debilitada. Rações produzidas por cooperativas são mais baratas e são muito boas.

A obrigação do Centro de Zoonoses é recolher animais abandonados. Não entendi a recusa do Centro da sua cidade. Qualquer coisa, procure o Ministério Público da sua cidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *