Categorias
Cães

Meu cachorro está sem comer,….?

Ele é um Lhasa Apso tem 2 anos mais ou menos. Um dia desse vi ele sentado na grama e “vomitou” um pouquinho de tipo uma espuminha verde. Ele fica paradinho e antes ele era mais espertinho. De manhã sempre caminho com ele e ele só defeca uma vez por dia outras vezes nem isso. Achei que fosse a troca de ração porque ele comeu por um tempo a ração Premier com patê de frango, agora está comendo Cibau com patê de carne, será que isso tem a ver?

ME AJUDEM POR FAVOR !!

9 respostas em “Meu cachorro está sem comer,….?”

se vc acha q pode ser a ração, volte a dar a ração antiga, se nao funcionar leve seu cachorro ao veterinario, ele pode estar com alguma virose, ele tomou a vacina dos primeiros meses? ela é muito importante para manter a saude do aimal.

A maioria dos cães adora comer – parece estar sempre com fome. O estado de apetite permanente é considerado uma característica normal da espécie canina. Durante a sua evolução, nem sempre havia alimentos disponíveis. Era preciso comer cada vez que aparecia uma chance, e o cão devia estar sempre disposto a se alimentar.

Mas não é incomum ver proprietários implorar para que seus cães comam. Misturam caldos e petiscos à ração, variam nas marcas tentando encontrar algo que aguce mais o apetite e dão até comida com a mão. Curiosidade: certa vez vi um funcionário de hotel para cães dizer a dois Dogues Alemães palavras como “macarroni” e “mussarela”, com sotaque peculiar italiano. Ele me explicou que, para comerem, precisava conversar com os Dogues, conforme instruções que recebera por carta dos donos dos cães, um casal de italianos. Como os Dogues não estavam comendo, o funcionário decidiu falar com os cães na língua dos proprietários deles. Morri de dar risada!

Quando a falta de apetite não é causada por problema fisiológico nem doença, pode-se estimular os cães a comer com o uso de diversas técnicas comportamentais.

Efeito “outros cães”

Quem tem mais de um cão em casa e quer estimular o apetite deles pode colocar os pratos com alimento próximos um do outro. Como animal competitivo que o cão é, quando percebe outros cães interessados na comida dele, passa a ingeri-la para evitar que a roubem. Esse comportamento é instintivo, herdado dos ancestrais que, se não comessem ou comessem devagar, ficariam em desvantagem.

Abrir o apetite

Um pequeno mal-estar, causado talvez por uma leve gastrite, pode deixar o cão indisposto para começar a comer. Ele olha para a refeição sem ânimo ou até com sinais de não estar passando bem (virar a cabeça, contrair o abdômen). O truque é você dar a ele alguns grãozinhos de ração ou um petisco, longe do prato de comida, para ver se ele melhora e se interessa pelo prato de ração. Quando o cão é adestrado, há, ainda, a possibilidade de praticar alguns comandos com ele e recompensá-lo com um pouquinho de ração ou com petisco em cada acerto, para abrir o apetite.

Menor quantidade

Antigamente era comum alimentar os cães adultos apenas uma vez por dia. Hoje se sabe que o ideal é eles comerem pelo menos duas vezes por dia, para evitar alguns problemas de saúde como gastrite e complicações, como torção gástrica.

Há cães que sentem mais apetite numa determinada hora do dia ou que se alimentam compulsivamente em determinadas situações de estresse. Esses, com freqüência, recusam alimento durante o resto do dia. Tanto que uma parte dos cães com ração à disposição o tempo todo alimenta-se só uma vez por dia.

Quando o cão não come uma das refeições, os donos ficam aflitos e sempre compensam colocando mais ração na refeição de maior interesse dele. O problema é que o excesso de alimento numa refeição reduz o apetite na próxima. Por isso, recomenda-se fazer o oposto nesse caso: diminuir um pouco a quantidade de comida oferecida a cada vez, para o cão comer sempre com apetite.

Há cães que só se alimentam quando os proprietários chegam em casa. Nesse caso, diminui-se a quantidade de comida oferecida na refeição em que estão mais estimulados, para também comerem bem na outra.

Reforçar o ato de comer

Muitas pessoas não sabem, mas treinam seus cães para recusar alimento. Esse comportamento é reforçado quando o cão percebe que, se não comer, o dono fica e conversa mais com ele, e até lhe dá comida na boca. Se for um cão carente, o comportamento será ainda mais influenciado. O grande problema, nessa situação, é que, na ausência do dono, o cão fica sem se alimentar e pode até passar fome. E, se sofrer de ansiedade de separação, as conseqüências tenderão a ser mais evidentes. O melhor é tentar corrigir o hábito pouco a pouco, sem jamais deixar faltar comida ao cão por muito tempo. Para tanto, há um conjunto de iniciativas que podem ser adotadas: oferecer ração mais saborosa, diminuir um pouco a quantidade servida para aumentar o apetite e evitar falar com o cão se ele não estiver comendo a refeição servida. Ou, então, ignorá-lo se ele não der atenção à refeição e elogiá-lo enquanto se alimenta.

Olá!!!

não há como te dizer exatamente o que seu cãozinho pode ter… se ele vomitou uma espuma verde, pode ter comido grama ou alguma outra folhagem; quando o cão come grama, significa que ele está com algum problema no sistema digestivo, normalmente vermes/lombrigas.
Isso, por si só, já é uma coisa que deve ser tratada com um veterinário; mas o mais sério nisso, é que se ele tiver realmente comido alguma planta, ele pode ter comido alguma folha venenosa, que pode intoxica-lo.
Além disso, podem ser outras coisas, como eu disse, não dá pra saber exatamente. Por isso, o melhor a fazer é msm leva-lo ao veterinário, que vai examina-lo com o cuidado e o conhecimento necessários, ok??

Abraços,

Catherine Collins

o motivo do vomito deve ter sido por ele ter comido grama ou capim, geralmente quando cães ou gatos fazem isso é porque estao com dor de barriga( na verdade ate faz bem, quando os meus animais estao com dores de barriga eu dou capim pra ele, e realmente é um otimo remedio), que pode ser calsado por vermes,veja a ultima vez que ele tomou remedio pra verme pode ser isso.
ou talvez deve ter sido a raçao, por ele nao ter se adptado, ja que o intertino dele ja havia se adaptado com a ração anterior.o que pode ter calsado dor de barriga verifique isso, esperimente dar a ração antiga.
mais é recomendavel leva-lo a um veterinario.

aqui nesse sit se pode ficar um pouco mais informada http://www.ath.com.br/nossosamigos/dicas.html
espero que eu tenha te ajudado, melhoras pro seu cachorro

oi, se vc trocou a racao dele de uma vez pode ser que ele esta com uma efeccao no intestino e se vc trocou aos poucos misturando uma com a outra pode ser menos provavel que isso teha acontecido, mas é melhor vc levar ele ao veterinario antes que agrave o quadro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *