Categorias
Cavalos

Existe algum risco de meu cavalo comer as folhas da jurubeba?

Ele é maluco pelas folhas, os frutos ele separa com precisão cirúrgica… kkkkkk
Tenho receio que sejam tóxicas…??

2 respostas em “Existe algum risco de meu cavalo comer as folhas da jurubeba?”

Olá Eliana.

Juribeba, juribebe, Juripeba, Jubeba, Jupeba, Jurubeba-branca, Jurubeba-verdadeira, Jurubebinha, Jurupeba, Jurumbeba, Juvena, Juuna, Jurubeba (inglês, espanhol, francês), Giurubeba (italiano) são os vários nomes de acordo com a região onde se encontra.

Para a medicina humana ela possui fatores de: aperiente, antiinflamatória, carminativa, cicatrizante, colagoga, depurativo do sangue, descongestionante, desobstruente do fígado e do baço, digestiva, diurética, emenagoga, estimulante, estomáquica, febrífuga, hepatoprotetora, hepatotônico, laxante, tônica.

Além do mais, a infusão do seu caule e da sua raiz em álcool de cana (cachaça) é popularmente utilizada como aperitivo e como digestivo. A medicina popular recomenda o seu chá como tônico cardiovascular, estimulante do apetite, do fígado (colagogo) e do baço, contra problemas da digestão, diurética, hipoglicemiante, antianêmica, febrífuga e cicatrizante. Há casos de utilizações da Jurubeba em tratamento de afecções da pele, como a acne e a furunculose.

Na medicina veterinária são plantas que causam manifestações gástricas se ingeridas em grande quantidades e varia de acordo com a sensibilidade de cada animal. Os ruminantes são espécies mais sensíveis representadas especialmente pelos búfalos. Hà relatos também em equinos de intoxicação por jurubeba. Tanto é que essa planta não é recomendada para alimentação diária em monogástricos e ruminantes e deve ser eliminada da pastagem.

Não significa que o que é aparentemente apetitoso ser saudável na medicina veterinária.

O texto ficou longo mas espero ter ajudado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *