Categorias
Cavalos

É verdade que salcicha é feita com carne de cavalo?

13 respostas em “É verdade que salcicha é feita com carne de cavalo?”

A salsicha é formada de carne mecanicamente separada (CMS) que é tudo o q não foi aproveitado para cortes nobres…. ossos, carcaças ou partes de carcaças de animais de açougue (aves, bovinos e suínos), desde que tenham sido aprovados para consumo humano pelo SIF (Serviço de Inspeção Federal).Cabeças,pés e patas não entram não….. essa CMS vai corresponder a uma porcentagem da salsicha, a qualidade da salsicha vai ser maior qto menor for a % de CMS.

Nunca.Nem de feto de vaca tbm,é feito de carnes de frango suino e bovino.O ruim é que eles colocam pele de frango tbm o que aumenta muito o teor de colesterol.A carne que as industrias usam chama-se CMS de frango-carne mecanicamente separada de frango,é aquela carne que depois de tirado os cortes ainda ficam nos ossos,ela vai passando numa máquina q vai separando.
E só vc ler na embalagem tbm que fala tudo,e outra coisa a carne de cavalo se for de um animal sadio não tem nada contra,muito pelo contrário,ela tem muito menos gordura q as bovinas,só que ela é mais escura.
Vc tbm já deve ter comido tantas vezes sem ter sabido meu amigo,nesses bufets e sanduiches da vida.

A salsicha é um produto de alimentação. É feita a partir de carne crua, gordura animal, ervas e especiarias e outros ingredientes.[1] Normalmente, a salsicha obtém seu formato por conta de sua embalagem comestível, historicamente feita dos intestinos de animais, e, mais modernamente, fabricada de forma sintética; devido a isto, são classificadas como produtos embutidos ou enchidos, não podendo alimentos como patê, por exemplo, serem confundidos com salsichas, pois, apesar de serem também feitos a partir de carne e temperos, não são embutidos.

A mais comum, usada em cachorros-quentes e outras receitas populares, é feita em linhas de produção automatizadas, praticamente sem contato humano e com etapas rígidas de higienização. Isso desmente o mito de que as fábricas de salsichas ainda são ambientes repugnantes, com sangue e gordura escorrendo por todos os lados. Essa idéia se disseminou principalmente pela célebre frase do chanceler alemão Otto von Bismarck (1815-1898), que dizia que as pessoas nunca deveriam saber como são feitas as salsichas e as leis. Na verdade, a única parte do processo que pode afetar os estômagos mais sensíveis é a hora da escolha dos ingredientes, já que essa iguaria é feita com carne picada ou moída de qualquer pedaço de boi, porco ou frango. “Geralmente, o que entra nessa mistura são as sobras dos cortes tradicionais e partes pouco apreciadas, como as bochechas e as vísceras de bovinos e suínos”, diz a engenheira de alimentos Eunice Yamada, do Instituto de Tecnologia de Alimentos de Campinas (SP).

Entretanto, a receita costuma mudar um pouco de acordo com o tipo de produto. “Quando a salsicha é de frango ou de peru, a carne aproveitada na fabricação é aquela que fica grudada nos ossos após a retirada das peças principais, como o peito, a coxa e a sobrecoxa”, afirma outra engenheira de alimentos, Carmen Castillo, da Universidade de São Paulo (USP).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *