Categorias
Cavalos

Curiosidades sobre cavalos?Alguem sabe?

Seus habitos, o que gostam, podemos saber qual é a pessoa mais querida por ele?

2 respostas em “Curiosidades sobre cavalos?Alguem sabe?”

Evolução

Os cavalos e as zebras fazem parte da mesma família. Alguns cavalos apresentam mesmo listas na parte inferior das patas e mais raramente no dorso, exemplo disso é o Sorraia.
A família à qual pertence o cavalo chama-se “Equus” que significa veloz em grego.
O antepassado mais longínquo do cavalo não tinha mais de 20 cm. Tinha também três dedos nas patas da frente e quatro nas patas de trás, em vez de um casco.

Anatomia

Os cavalos têm dois ângulos de visão “mortos”. Um localizado directamente à frente e outro directamente atrás.
As crias dos cavalos conseguem sustentar-se nas patas após uma ou duas horas do nascimento.
Os cavalos não conseguem respirar pela boca.
Os cavalos estão “desenhados” para galopar e não para saltar. No estado natural, os cavalos tendem a contornar os obstáculos.
Os olhos dos cavalos estão entre os maiores dos mamíferos terrestres.
Os cavalos dormem a maior parte do tempo em pé. Estes animais têm um mecanismo nas pernas (tendões e ligamentos) que os permite estar a em pé sem utilizarem os músculos. Para entrar em fases mais profundas do sono, os cavalos têm de se deitar.
Para os cavalos é mais confortável estar de pé do que deitados, isto porque quando estão deitados fazem pressão sobre os órgãos internos.

Sentidos

Os cavalos conseguem ver cores.
Os cavalos têm um apurado olfacto. Conseguem mesmo “cheirar” feromonas.
As apresentações entre os cavalos fazem-se nariz-com-nariz.
Os cavalos comunicam através de sons e também expressões faciais, utilizando as narinas, as orelhas e os olhos.
Os cavalos são extremamente sensíveis ao movimento. Por isso é que se encontram nervosos nos dias ventosos, para eles tudo está em constante movimento.
Os cavalos têm uma excelente audição e conseguem virar as orelhas em 180 graus para melhor captar os sons.
Os cavalos conseguem sentir uma mosca a posar na sua pele e usam os músculos que têm por todo o corpo para as espantar.

Números

A população mundial de cavalos está estimada em 75,000,000.
Um cavalo dorme várias vezes por dia durante apenas alguns minutos. Um adulto dorme em média 3 horas por dia enquanto um potro tende a dormir mais vezes, durante mais tempo e mais profundamente.

Consumos

O cavalo necessita em média de beber 50 litros de água por dia. Isto dá 4 litros de água por dia por cada 50 quilos.
Um cavalo come em média 10 kgs de feno por dia. Um cavalo necessita de ingerir em média 1 a 2 % do seu peso em comida.

Raças

Existem mais de trezentas raças de póneis e cavalos.
Falabella é a raça de póneis mais baixa, não excedendo os 65 cm.
O Shire é a raça mais alta de cavalos, podendo ultrapassar os 180 cm.
O Lusitano, o Alter Real e o Sorraia são raças portugueses.

Os humanos e os cavalos

Equinofobia e Hipofobia é o medo de cavalos
As estátuas equestres têm diferentes significados conforme a posição do cavalo: se o animal se apresenta com as duas patas no ar, a pessoa que o monta foi morta em batalha, se apresenta uma, foi ferida, e se tem as quatro pousadas no chão, a pessoa morreu de causas naturais.
As unhas do homem e a parte exterior do casco do cavalo são feitos do mesmo material.
O cavalo é especialmente sensível ao tacto na área da cabeça, sendo que em termos de sensibilidade, os lábios do cavalo correspondem à ponta dos dedos humanos.

Superstições

As ferraduras dos cavalos dão sorte se estiverem penduradas com as pontas voltadas para cima.
Os cavalos pretos têm um temperamento mais rebelde.

Os Eqüinos estão habituados a um bom pastoreio, principalmente com as gramíneas com idades ainda tenras, e ainda com uma boa ração balanceada, complementada com cenouras e beterrabas, que são fontes essencias de vitaminas e sais minerais.
Não dispensam também uma boa companhia de outros animais da sua espécie, principalmente uma potranca sadia e que esteja no “cio”.
A pessoa mais querida por eles é o zelador da tropa, que está constantemente fornecendo alimentação e cuidando dos mesmos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *