Categorias
Répteis

como saber se uma cobra e venenosa?

como saber urgente

18 respostas em “como saber se uma cobra e venenosa?”

1.Venenosas 2.Não Venenosas

1.Cabeça chata, triangular, bem destacada.

2.Cabeça estreita, alongada, mal destacada.

1.Olhos pequenos, com pupila em fenda vertical e fosseta loreal entre os olhos e as narinas (quadradinho preto).

2.Olhos grandes, com pupila circular, fosseta lacrimal ausente.

1.Escamas do corpo alongadas, pontudas, imbricadas, com carena mediana, dando ao tato uma impressão de aspereza.
2.Escamas achatadas, sem carena, dando ao tato uma impressão de liso, escorregadio.

1.Cabeça com escamas pequenas semelhantes às do corpo.
2.Cabeça com placas em vez de escamas.

1.Cauda curta, afinada bruscamente.
2.Cauda longa, afinada gradualmente.

1.Quando perseguida, toma atitude de ataque, enrodilhando-se.
2.Quando perseguida, foge.

Olha isto de cabeça triangular e rabo afinando, não se aplica no Brasil,pois a Jibóia tem estas características e não é peçonhenta. Na verdade todas as cobras venenosas tem a fosseta loreal que é dois orifícios entre a boca e os olhos com excessão da Coral verdadeira. Estas cobras pertencem a uma única família que é Viperidea e subfamilia crotalinea que são as Jararacas, Cascaveis e Surucucus. Ja a Coral é da familia Micrurus. Identificar cobras venenosas é preciso muito estudo e conhecimento pois a certeza esta na dentição. Proterógrifa – Coral,- , Solenóglifa – Casvavel, Surucucu e Jararaca, Simipeçonhenta e a falsa coral dentiçao Opistóglifa . Não peçonhenta dentição Aglifa que é a Jiboia, Sucuri, Cainana e outras.
As Corais é muito dificil pois existem 29 tipos de desenho e cores quase que iguais completando aqueles aneis, preto, vermelho, branco,amarelo, rosa etc.
Uma dica ao ver uma coral tente vira-la com uma vara bem grande se os desenhos não se completam ao redor do corpo, ou seja acizentada ou branca por baixo é uma falsa coral. Mas muito cuidado e nunca mate uma cobra. Uma joboia adulta pode comer até mil ratos em um ano . Espero ter ajudado

Pelo formato da cabeça: a das venenosas é triangular. Isso, pelo menos, é o que se costuma dizer por aí – mas trata-se de uma generalização perigosa. A diferenciação entre elas está longe de ser tão simples assim. Outros detalhes anatômicos – como a cauda, as escamas e a pupila – também ajudam na distinção, mas existem tantas exceções à regra que eles, por si só, são insuficientes. O método mais seguro é observar a presença de um pequeno orifício entre os olhos e as narinas: a chamada fosseta loreal. “Todas as serpentes venenosas, com exceção da cobra coral, são dotadas desse orifício, que não aparece nas não-venenosas”, afirma o biólogo Otávio Marques, do Instituto Butantan, em São Paulo. O tal buraquinho é, na verdade, um órgão termorreceptor – ou seja, um detector de calor – de altíssima sensibilidade, capaz de perceber variações de temperatura da ordem de 0,003 grau centígrado. Além desse traço revelador, há também significativas diferenças de comportamento entre os dois tipos de ofídios.

A principal delas é que os venenosos têm hábitos noturnos – embora também possam ser avistadas de dia. Outra coisa: serpentes inofensivas fogem quando ameaçadas. As peçonhentas não: elas se enrodilham e armam o bote. Mas também há exceções em ambos os casos. Existem cerca de 2 500 espécies de cobras, das quais cerca de 260 são encontradas no Brasil. Dessas, menos de 30% são peçonhentas e as mais perigosas pertencem ao grupo dos crotalíneos, agrupadas em três gêneros: Bothops, também conhecidas como jararacas; Crotalus, popularmente chamadas de cascavéis; e Lachesis, as surucucus. Juntas, respondem por 99% dos ataques a seres humanos.

tipo tu chega nela e fala ” Eai gatinha , ta afim de umas DORGAS ? ” depois de umas belas 2HRS se enchendo de DORGAS , se a resposta da cobra for o seguinte você se deu bem :” Deixa eu enfiar na sua bunda e te encher de veneno que eu te monstro que eu sou.” mas se a resposta da cobra for essa , você se deu mal : ” Não , obrigado ”

Ninja Kid, entre nesse sítio: http://www.girafamania.com.br/americano/brasil_repteis.htm

Ou no do Butantan que você encontrará muitas informações sobre repteis peçonhentos:

http://www.butantan.gov.br

Instituto Butantan
Avenida Vital Brazil, 1500 – CEP: 05503-900 – São Paulo (SP)

[email protected]

Se você gosta de estudar sobre repteis encontrará solução para todas as suas dúvidas nos sítios que indiquei.
Boa sorte!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *