Categorias
Peixes

Como eu começo uma criação de guppys / lebistes?

Bom gente, eu queria começar uma criação de guppys, porém não entendo nada do assunto. Gostaria que um criador me respondesse – como eu começo uma criação de guppys? Eu já tenho 2 aquários grandes com bombinha de oxigênio. Eu queria dicas também e como eu faço para reproduzi-los. Quantos guppys eu devo comprar para começar a criação?

Desde já, agradeço.

4 respostas em “Como eu começo uma criação de guppys / lebistes?”

Olha não sou criador mas vou tentar te ajudar

Temperatura: De 25°C a 30°C. De preferência 27°C.
Água: pH 7.0 a 7.2. dH 6 a 10.
Alimentação: Onívora – Tubifex, larvas de mosquito, drosófilas, artêmia salina, dáfnias, infusórios, micro vermes, enquitréias, minhocas de jardim, patê etc.
mas eu daria a comida que chamam de flokinho

o aquário certo é de 40 L ele nescesita de bombas de oxigênio e precisa ter mais fêmeas do que machos

vc vai colocar os lebistes sozinhos no aquário e quando a fêmea estiver gordinha com a bundinha pretinha ela estará grávida ai vc vai ter que colocar os filhotes que nasceram em outro aquário só os filhotes e com bomba de oxigênio

Feliz ano novo espero ter te ajudado mas só gostaria de saber oq vc vai fazer com tantos filhotes mas leia os comentarios desse site ok http://www.aquahobby.com/gallery/b_guppy.php

A nem todos sobreviveram ok xau

escrevi detalhadamente a reprodução

Uma das razões para a Aquariofilia ser considerada uma paixão por quem faz dela um hobbie, está na reprodução/criação de peixes tropicais. Digo tropicais, pois são teoricamente os mais fáceis para o fazer, se bem que para cada espécie há que obedecer a certos critérios e parâmetros sem os quais seria impossível a reprodução. Das centenas de espécies de peixes tropicais existentes, os que são de mais fácil reprodução são os Guppys. Em seguida têm os procedimentos necessários para poderem aumentar a vossa “família tropical”:
1. Em primeiro lugar, façam uma limpeza total ao vosso aquário, de modo a que a água fique o mais límpida possível.
2. Deêm um salto a uma loja de animais e comprem 2 maternidades, 1 embalagem de comida para alevinos ( termo para peixes recém-nascidos) e 1 produto para purificar a água, do qual no me recordo do nome, mas que sei que tem cor azul.
Comunidade de Guppys
3. Coloquem o produto na água e esperem 1 semana para serem criadas as condições necessárias no aquário para a reprodução.
4. Passada essa semana, vão à loja e comprem no mínimo 2 pares de Guppys – 2 fêmeas e 2 machos. Para terem resultados mais originais e variados de cores nos alevinos, comprem peixes de cores variadas. Para identificarem o sexo dos peixes, guiem-se pelas cores. As fêmeas são coloridas apenas na cauda e os machos são coloridos no corpo todo. Existem outras formas de identificá-los, perguntem na loja.
Guppy fêmea
Guppy Macho
5. Montem as maternidades dentro do aquário e coloquem as vossas recentes aquisições dentro do aquário. Agora é esperar.
6. 15 dias depois deêm nova olhadela “atenta”, aos peixes e observem com muita atenção as barrigas das fêmeas. Verifiquem se estão inchadas e de cor escura nessa parte. Se assim for então…
Aspecto de um Guppy fêmea grávido
7. …esperem 2 dias e coloquem cada fêmea numa maternidade.
8. Esperem mais uma semana e hão-de nascer os alevinos se tudo correr bem. Retirem as “mamãs-peixe” das maternidades e devolvam-nas ao aquário.
9. A partir de agora alimentem os alevinos com a comida especial que compraram, 2 vezes por dia, uma de manhã e outra à noite. Não abusem na quantidade porque no geral eles comem tudo o que lhes for dado e depois PUFF! So much for peixinhos…
10. Agora é esperar que cresçam e quando tiverem pelo menos 75% do tamanho dos primeiros que compraram, podem tirá-los das maternidades e revelar-lhes o novo, fascinante e excitante Mundo do aquário 😀 Não se espantem se numa ninhada de 30 ou 40 peixitos morrerem metade ou mais. Só se tiverem as melhores condições ao mínimo pormenor é que a probabilidade de sobreviverem mais, será maior.
E pronto. Em 10 passos explicamo-vos como fazer a reprodução de Guppys. Nada de especial como veêm, mas que se revela uma actividade bastante interessante. Se tiverem alguma dúvida não hesitem em perguntar. Boa Sorte ;).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *