Categorias
Aviação

Como chegar a ser piloto da aviação profissional?

eu moro no rio grande do sul,tenho 17,ultimo ano do ensino medio,e eu queria saber qual caminho eu posso tomar,que rumo eu sigo para um dia eu ser um piloto da tam,da gol,talvez ate da american airlines,um piloto de avioes de companhia aerias,que eu faço,gosto muito de aviação,quero um dia levantar para o ceu um boeing,um legacy 500,um bombardier ou um airbus,que rumo eu sigo??
quero muito voar como profissional,ao inves de passageiro.

5 respostas em “Como chegar a ser piloto da aviação profissional?”

fácil d+! se vc tivesse colocado sua cidade eu podia te ajudar!
dizem que as melhores escola de piloto estão no rio grande do sul.

http://www.args.com.br/default.asp
vc vai ter que fazer o curso de piloto comercial,não vou citar detalhe! quando vc for fazer o curso la no aeroclube vc terá TODAS AS INFORMAÇÕES!

vou te adiantando 1 coisa! quando vc terminar su curso vc vai começar como co piloto trabalhando em táxi aéreo esses aviões pequenos ou particular,depois de muitas horas de vôo e experiência vc será 1 grande piloto!

assim vc vai ficando + experiente e vai trocando de empresa aérea ate chegar na gol na trip,azul.na tam é meio difícil eles vão + por indicações!
+ só vc ter dinheiro e procurar um aeroclube,as horas de vôo São muito caro+ se ama aviação assim como eu não desista!! é 1 profissão muito bonita,e o nosso uniforme é 1 dos+lindos que tem!
então pra isso só depende de vc procurar um aeroclube ,17 anos já da para começar a primeira etapa do curso.
la vc tera todas as informaçoes!

Faça o curso de Piloto Privado, PP

Depois o de Piloto Comercial, PC e proto comece a trabalhar em pequenas empresas para acumular hrs de voo, mas guarde grana os cursos não são baratos não, principalmente as hrs de voo exigidas p/ cada curso.

O seu objetivo deve ser fazer o curso completo: Piloto comercial, multi motor, IFR. Concluído, voce já está apto á trabalhar, certo? Em parte. A habilitação de piloto comercial dá direito a trabalhar, só que a falta de experiência atrapalha. A maioria acaba o comercial com +- 250 horas de vôo. O próximo passo é tentar um emprego de co-piloto de uma aeronave monomotor ou bi-motor. Não se preocupe com salário, mesmo que não seja muito, o que importa é a experiência sendo adquirida. É um longo caminho. A medida que for ficando mais experiente e se tornando mais entrosado no meio aeronáutico, voce pode pleitear um emprego em uma aeronave de maior performance como um turbo-hélice ou até mesmo a jato. Aí é só esperar. A esse ponto o salário já está melhor e até mesmo uma promoção a comandante pode acontecer quando atingir os requisitos necessários(Varia de acordo com cada empresa).

Geralmente as companhias aéreas como Gol , Azul , Tam …. exigem um mínimo de experiência de 1500 hoas de vôo. Quanto mais qualificado for o profissional mais chances terá de conseguir a vaga. As companhias priorizam tambem os candidatos com experiência de aeronave a reação(jato).

Uma dica:

Inglês é fundamental. Faz parte da seleção das empresas. Quem não fala inglês é bom aprender. Vale até mesmo um intercâmbio para melhor domínio da lingua.

Um Piloto de Avião começa sua carreira sempre como Piloto Privado de avião monomotor. Esta licença somente o permite fazer voos por hobby, ou seja, sem cobrar nada pelo seu serviço de piloto. A partir desta licença é que ele poderá partir para os estágios seguintes, afim de se tornar um piloto profissional, além de obter habilitações para pilotar aviões com mais motores ou de voo por instrumentos.

Com 16 anos, um aspirante a piloto já pode começar o curso teórico para Piloto Privado, aprendendo os básicos sobre 5 áreas principais de conhecimento: Conhecimentos Teóricos (Aerodinâmica de Voo), Conhecimentos Técnicos (motores e instrumentos da aeronave), Meteorologia, Regulamentos de Tráfego Aéreo e Navegação. O curso em si não é obrigatório: se desejar, a pessoa pode estudar sozinha, comprando os livros, e depois só fazer a prova (chamada no jargão interno de banca da ANAC – Agência Nacional de Aviação Civil).

Antes de começar as aulas práticas, é necessário se obter o Certificado de Capacidade Física (CCF) de segunda classe para o caso do piloto privado. Para obter o CCF o piloto passa por uma série de exames (vista, cardiológico, psicotécnico, escuta, entre outros) que vão se tornando mais rigorosos à medida que se evolui na carreira.

Uma vez completados 17 anos, de posse do CCF, tendo ou não completado o curso teórico, já se pode começar as aulas práticas. São necessárias, em geral, 40 horas de voo acompanhadas por um instrutor habilitado pela ANAC (um INVA como é chamado). Destas 40 horas, 15 o aluno deve ser o piloto em comando na aeronave. Isto significa que é o aluno que fará tudo durante o voo, o INVA estará ao seu lado somente como um passageiro. Entretanto, para realizar estas últimas 15 horas do curso o piloto já deve ter feito a banca da ANAC (e passado, obviamente).

A banca da ANAC é uma prova composta por 100 questões – 20 de cada uma das 5 áreas principais – todas de múltipla escolha com 5 alternativas. A prova é feita no computador (parecido com os exames de revalidação da carta de motorista) e o resultado sai imediatamente após a prova. Para passar é necessário obter ao menos 14 pontos em cada uma das 5 provas (não adianta tirar 20 em 4 delas e 10 na outra, nesta última, você será reprovado). Caso você não passe em até 2 matérias, há a possibilidade de refazer somente elas – é a chamada segunda época. Se não obtiver a pontuação mínima em 3 ou mais matérias, ou se reprovar no exame de segunda época, a prova deve ser feita toda de novo. Na minha opinião, a prova de Regulamentos de Tráfego Aéreo é a mais difícil.

Tendo passado no exame teórico e feitas as 40 horas mínimas de voo, o quase-piloto já pode ir à ANAC (tem uma unidade em cada uma das principais capitais) pedir a liberação para o cheque (a prova prática). Esta geralmente é feita por algum instrutor do próprio aeroclube onde você fez todas as aulas e é bem tranquila de passar, ela é feita mais pela burocracia do que qualquer outra coisa. Feito o cheque, você encaminha a ficha de avaliação deste voo para a ANAC e dentro de 10 dias úteis chega o brevet (a carteira de piloto) em sua casa pelo correio!

e a saga continua….
O curso de piloto comercial / IFR é uma continuação do piloto privado. Seu principal foco é fornecer experiência de voo ao piloto através de missões de navegação.

Ao término, o aluno fará o curso de IFR (Voo por auxílio de instrumentos) preparando-o para o promissor mercado de trabalho aeronáutico.
Pré-requisitos

* Ensino Médio
* CCF – Certificado de capacidade física de primeira classe (PC)
* CCT – Certificado de capacidade teórico
* CHT – Piloto Privado
obs:e muita grana,em media o custo total deve ficar entre R$ 10.500,00 e R$ 15.000,00.

O curso de Piloto Comercial – Avião, é uma continuidade do curso de Piloto Privado e dá início à parte profissional como piloto, permitindo a você voar e ser remunerado. Você está iniciando sua carreira como piloto e seu passo seguinte será o de Piloto de Linha Aérea, que lhe permitirá voar como piloto na aviação de linha aérea regular. É a maior licença que você obterá nesta profissão, a de PLA (Piloto de Linha Aérea).
Neste curso, o aluno terá várias atividades, tais como: conhecimentos técnicos das aeronaves; meteorologia; navegação aérea – 2ª parte; teoria de vôo – aerodinâmica de alta velocidade; regulamentação de tráfego aéreo – IFR; segurança de vôo; sistema de aviação civil; medicina aeroespacial; palestras e visitas programadas nas organizações ligadas à aviação.
Requisitos:
Idade mínima de 18 anos, nível de escolaridade 2° grau completo, realizado em estabelecimento público ou privado devidamente autorizado e experiência como piloto – ser portador da Licença de Piloto Privado – Avião.
Documentação necessária:
No ato da inscrição o candidato deverá apresentar os seguintes documentos:
Candidados brasileiros: ficha de inscrição/matrícula preenchida; carteira de identidade; comprovante de conclusão do 2° grau ou equivalente; título de eleitor; cpf; certificado de capacidade física 1ª classe; certificado de reservista ou de alistamento militar; e duas fotos 3 x 4 recentes.
Todas as demais informações vc encontra aqui: http://www.portalbrasil.net/aviacao.htm

fui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *